A importância dos relatórios de bug

Estreando minha participação no Planeta Debian Brasil (obrigado FAW 😉 ), aproveito a oportunidade para abordar, principalmente para os usuários iniciantes de software livre, a importância de consultarmos os relatórios de bugs.

No caso do Debian, existe o Sistema de Acompanhamento de Bugs (BTS), onde podemos encontrar todos os relatórios de bugs, além do Sistema de Acompanhamento de Pacotes (PTS), onde podemos acompanhar quase tudo relativo a vida de um pacote.

Para exemplificar melhor a importância dos mesmos, por esses dias adquiri uma impressora laser Samsung ML-2010, e após verificar no openprinting.org que o driver recomendado era o splix, que por sinal já está empacotado oficialmente, bastou apenas fazer a instalação da seguinte forma:

~$ sudo aptitude install splix

Então, adicionei a impressora através da interface web de gerenciamento do cups, e quando tentei imprimir a página de testes, apenas obtive a impressão da seguinte mensagem de erro:

INTERNAL ERROR – FALSE

POSITION : 0x11 (17)
SYSTEM : h6fwsim_mono/x1_tbl
LINE : 396
VERSION : SPL 5.05 01-04-2006

Normalmente, o procedimento mais comum seria recorrer às buscas no google e/ou listas de discussão de usuários. Entretanto, demostrando o valor de conhecermos melhor as distribuições que utilizamos e as ferramentas disponíveis, preferi consultar se havia algum relato de bug relativo ao splix no BTS. E qual não foi minha satisfação ao ver que o mesmo problema já havia sido relatado por outros usuários e melhor ainda, em um dos relatos havia um patch, que por motivo desconhecido ainda não foi aceito pelo mantenedor do pacote, com a nova versão do upstream já empacotada para testes, inclusive com relatos de que já havia sido testado com sucesso. Pronto, pacote instalado através do dpkg, e o problema na impressão foi resolvido. Por fim, consultei como andava o histórico do splix no PTS, e de quebra cadastrei o rss para me manter informado sobre as futuras atualizações do mesmo.

Caso interesse, existe um aplicativo chamado reportbug-ng que facilita bastante a análise dos relatórios, como também o relato de novos bugs encontrados. Sua instalação é bem simples, embora tenha o inconveniente de só estar disponível oficialmente na versão unstable, basta fazer o seguinte:

~$ sudo aptitude install reportbug-ng

Salientando que é necessário conhecer o idioma inglês para entender a interface e o conteúdo dos relatórios.

Bom, espero que os afobado de plantão, independente de distribuição, aprendam a dar a devida importância aos relatórios de bug. 😉

Um abraço e até a próxima!

2 comments on “A importância dos relatórios de bug

  • Carlos Araujo says:

    Meu caro Marcelo, a quantas andam a comunidade Debian Brasil? Fazendo uso do Gnu desde os anos 90, tendo colaborado no time de documentação Ubuntu até as decisões catastróficas da Canonical, apoiando os FLISOLs etc….creio que é chegado o momento de arregaçar as mangas, já que estamos de volta à casa e ao rochedo Debian.

    Fica aqui o pedido de inserção na comunidade Debian, quando possível me envia um email.

    abraços

    Carlos Araujo

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

18 + 15 =